segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Dia Mundial do Professor



Amo o que faço e faço o que amo! E nem me imagino a fazer outra coisa!
Um louvor especial a todos quantos contribuíram, com o seu exemplo, para que me tornasse, hoje, a professora que sou, em especial à minha professora primária, que foi e continua a ser um verdadeiro exemplo heart emoticon!
Um bem-haja a todos quantos conheci ao longo do meu percurso e que todos os dias se esforçam e lutam, dão o melhor de si, apesar de todas as vicissitudes da vida.
Porque ser professor é sinónimo de resiliência!
Feliz Dia do Professor!

E por ser um dia especial, torno ativo este meu espaço de reflexão!

quarta-feira, 3 de julho de 2013

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

A novidade no laboratório...

... este ano, salta à vista de quem entra - uma hotte!!!




Contudo, aos olhos de um aluno do 8º ano não é mais do que um assador de leitões!

Ok, já passava do meio-dia, compreende-se!

PS. As saudades que eu tenho de dar aulas a tempo inteiro...

Acho que estou...

... a precisar novamente de férias...


ok... ainda agora começamos... eu digo baixinho...

domingo, 5 de agosto de 2012

Preocupações...

Este ano abalou muitas escolas, o próximo prevê-se pior...
Tantas mudanças, tantas alterações...
A ideia de estabilidade garantida, que muitos pensavam existir, parece desmoronar-se dia após dia, com tantas alterações legislativas. Ainda hoje encontrei uma colega de outra escola que desabafava o mesmo - já ninguém pode dizer que está bem! Já para não falar de tantos colegas contratados, com quem tenho trabalhado nestes últimos anos e que vislumbram um futuro negro.
E hoje a preocupação ficou um pouco maior, quando após uma breve análise às listas de DACL, em apenas 3 Quadros de Zona Pedagógica, encontrei tantos nomes conhecidos, de colegas com quem trabalhei, de colegas com quem estudei...


terça-feira, 3 de julho de 2012

Inquietações

Não é novidade que estou numa equipa de Direção - faço parte, mas não me sinto parte! Costumo dizer por brincadeira que estou por engano... (só mais um ano, dizem-me!).
Acabei de fazer a simulação da distribuição de serviço. Embora tenha começado no fim-de-semana, só agora consegui terminar. Nem de propósito, ainda ontem foi disponibilizada a plataforma de indicação da componente letiva.
Da análise às "minhas contas", os resultados são muito negros - é preocupante!
Mais preocupante ainda, é ver os meus colegas, impávidos e serenos, sem consciência, pelo menos aparente, do futuro que se avizinha.
No ano passado integrei a equipa de elaboração dos horários. Apesar de todo o trabalho, prolongado até de madrugada, foi uma tarefa que me cativou. Estranho? Talvez o seja, mas também não deixa de ser um desafio - é como construir um puzzle.
O balanço final não foi positivo - pelos comentários, pelas atitudes - mas acima de tudo pela desilusão perante a atitude de certos colegas, um deles membro da minha própria equipa. Fui alertada, é certo, mas mesmo assim... 
Ok! aprendi a lição e por isso, e por outros motivos que prefiro não referir aqui, tomei a decisão de me afastar de todo o processo.
Apesar de tudo o que me leva a tomar esta decisão, a verdade é que o afastamento não é total - vou trabalhando nos bastidores, fazendo as minhas contas e mantendo a esperança que os boatos que parecem circular pelos corredores da escola não se venham a tornar factos -seria tão injusto (mesmo que as pessoas não se tenham apercebido que o mesmo foi evitado no ano passado, porque alguém conseguiu contornar o processo...).
E perante tudo isto sinto-me impotente... apetece-me levantar e ir ali ao lado dizer umas quantas verdades...

Acho que está na hora de mais uma pastilha de Xanax...

terça-feira, 26 de junho de 2012

Quando o orgulho fala mais alto!


É danado (para não dizer outra coisa bem mais picante) quando o nosso orgulho fala mais alto e recusamos um desafio aliciante, daqueles que nos dão a volta à cabeça, autênticos problemas de lógica, verdadeiros quebra-cabeças...


Mas a decisão está tomada e não há volta a dar!


É assim a vida!

terça-feira, 15 de maio de 2012

imagem de mim...em palavras

Hoje recebi um presente de aniversário!
Atrasado, é certo... mas um bom presente de aniversário - "Aquilo em que eu acredito", de Helena Sacadura Cabral.
Confesso que apenas conheço a autora de uma ou outra notícia do jornal, mas nunca li nada dela. Até hoje e confesso que me conquistou. Pela leitura simples, agradável, com textos em que dou por mim a sorrir e a pensar - concordo plenamente! Tornei-me fã!
E seguindo o reto que a autora lança no início deste livro faço o exercício de seriar sete coisas de que gosto e sete coisas de que não gosto. E por isso cá vai:

Sete coisas de que gosto:
- da minha família;
- dos meus amigos;
- da minha profissão;
- de ler;
- do meu espaço;
- de ser surpreendida (agradavelmente);
- de viajar.

Sete coisas de que não gosto:
- de falsidade;
- de provocações;
- de arrogância;
- de leviandade;
- de pessoas com falta de palavra;
- de inveja;
- de acordar cedo.

E sim Helena, não somos muito diferentes ;)