domingo, 21 de outubro de 2007

O que os alunos nos dizem...

"Faça como os outros!"

A minha única turma de 7º ano é o que basta para me dar dor de cabeça.
28 alunos, muito barulhentos, muito faladores e com poucas ou nenhumas regras de sala de aula (apesar de já estarem no 7º ano!!!!).
No outro dia, depois de 4 tentativas para falar "por cima" do que eles conversavam resolvi optar pela técnica silenciosa - se eu me calar, eles param para ver o que está o professor a fazer!
Até que um aluno que está ao meu lado me dá esta dica:
"Berre professora, para eles se calarem. Os outros professores também berram!"

Pois, começar a berrar a uma 2ª feira, já dá para imaginar como estarei na 6ª. Além disso, o meu instrumento de trabalho tem de "durar" até aos 65 anos e da maneira que as coisas andam, ainda irei dar aulas muda!!!!


"Este período não, mas no próximo eu trabalho!"

Aula de Matemática Aplicada do meu CEF. Andamos há 2 semanas a fazer exercícios sobre o cálculo de áreas (elementar, penso eu). A princípio muitas dificuldades, mas aos poucos "faz-se luz" e o pessoal já nem precisa de grande apoio para resolver - apenas pergunta pelo resultado.
Bom, existe a excepção de um aluno...
"Ó professora eu disto não percebo nada, nem vale a pena. É muito difícil! Mas não se preocupe. Este período é nega na certa, mas vai ver que eu recupero para o próximo. No 2º período vou perceber tudo!"
O que vale é a intenção... Não interessa o que ainda falta para vir (7 aulas até final do 1º período). Esta já se arrumou! Ano Novo, matéria nova!

12 comentários:

Estrela disse...

Isto já me recorda um episódio que passei na última sexta... Numa sala com á vontade uns 20m de comprimento estando eu numa ponta e a stora na outra a ouço mandar um berro daqueles bem altos! Se eu ouvi com aquela altura de decibeis ... os que estava mais perto dela devem ter ficado com os ouvidos a doer! E com a barulheira que estava...

Marina disse...

Acho que tambem so vou trabalhar no proximo periodo! Afinal de contas, se no 2º periodo da p aprender tudo!
Alias, vou propor que as entidades competentes acabem com os restantes periodos.
O primeiro servira para adaptacao depois das ferias e no terceiro, ja estamos cansados e cheios de vontade de ferias outra vez!

Beijitos Olho Azul e ate breve!

Cris disse...

Estes alunos têm umas teorias muito interessantes!
Estou com a Marina: vamos reivindcar ano lectivo só com 2º período!

Boa semana!
Beijinhos :)

bell disse...

Já me deixei de berros. Agora calo-me, cruzo os braços e ponho-me a olhar para eles com ar ameaçador. Às tantas lá há um que percebe e grita por mim: "calem-se todos! não vêem que a professora está à espera?!"

Também há os que só trabalham no 3º. E os que só trabalham no 1º e no 2º. Quando o objectivo é não trabalhar, arranja-se sempre teorias.

pa-ciencia disse...

Pois é mesmo ali à 1ª dica que não me estou a conseguir adaptar :( e infelizmente já percebi que é só assim que eles se calam uns míseros 3 minutos :( Ai, estou mesmo a "detestar" dar aulas ao 3º ciclo... E sim, os 7º anos tb me deixam com umas dores de cabeça :S

LopesCa disse...

Solidária.
Sinceramente eu não dava para professora.
:|

Stôra disse...

LOL Infelizmente, todos os alunos pensam assim. Alguns conseguem mas à grande maioria o "tiro sai pela culatra"...
*Beijinhos*

Professorinha disse...

Eu não consigo deixar de berrar.... mas só em algumas turmas. Noutras, tipo o PIEF ou CEF, não o faço... já sei que não vale a pena. E nas outras já nem é preciso, eles já me conhecem e calam-se só por eu os olhar de lado :)

Beijos

Hindy disse...

Tenho um apelo urgentíssimo no meu cantinho. Por favor passa por lá.

Beijinho hindyado

Flôr disse...

Professora é que eu não queria ser, ai isso é que não!! eheheh

Olhos lindos, tem um óptimo domingo e que tudo te corra como deseja o teu coração. :)

Flor deixa-te um beijinho doce e florido

Eskisito disse...

Começo a escrever no quadro:
"Caro Encarregado de Educação:". Eles percebem logo à primeira onde é que aquilo vai parar e calam-se. Comigo resulta esta. O ficar calado é para esquecer.
Beijos

Pedro disse...

Quanto mais novos, piores!