terça-feira, 17 de outubro de 2006

Em luta!!!

Porque sou professora!
Porque não concordo com a maneira como andam a tratar esta classe!
Porque não estou de acordo com muitas das decisões da sra. Ministra!
Por tudo isto e muito mais, EU:

Todos juntos, na luta pelos nossos direitos, na luta pela dignidade de Ser Professor!

13 comentários:

bell disse...

Já somos duas!!

AnaCristina disse...

E vão três! (em greve de zelo)

Professorinha disse...

E sou a quarta! De greve, de luta e em luta!!!!!

Márisa disse...

:-)
Estou convosco!

Márisa disse...

E comigo também (como é evidente)!
:-)

ARTEMINORCA disse...

Aí vem a 4ª! Estou em luta e de luto... e em greve... CLARO!!!
Beijo solidário, Lu

anokas disse...

e estamos muito bem! com este tempo até sabe bem ficar em casa :D
e hoje ouvi na rádio que o trânsito no Porto era "talvez" provocado pela greve dos professores e pensei "Ora que bem! Pelos menos os professores servem para alguma coisa - quanto mais não seja para provocar trânsito" ehehehehe
há que fazer doer a todos para começarem a perceber ;)
bjokas da anokas ;)
em greve claro ;)

Anónimo disse...

mas nao vem ke os prejudicados são sempre os alunos? á ministra nao afecta Nada

olho_azul disse...

E vamos ficar de braços cruzados? Pelo menos lutamos, com as armas que temos!

stôra disse...

Em greve, claro! Temos de lutar!!!

*Beijinhos*

Cris disse...

Se dizem que "a união faz a força" esta luta tem que dar os seus frutos! Embora os ventos não estejam lá muito favoráveis não podemos baixar os braços!

Bjs :)

Quintanilha disse...

Professor, a única classe profissional onde todos chegam de forma automática ao topo de carreira: os excelentes, os bons, os medianos, os medíocres, os maus, os que não faltam ao serviço, os que faltam também chegam, e os sindicalistas. Existem sindicalistas que há mais de 20 anos que não dão uma aula!!! São profissionais da política e vocês estão a ser usados por esta gente! Estes tipos vão chegar primeiro ao topo da carreira do que muitos professores dedicados, porque conhecem o sistema e sabem usá-lo. Até há pouco tempo eram 1300 nesta situação!

Quintanilha disse...

Quem pensar que eu tenho alguma coisa contra esta classe profissional está perfeitamente enganado.
O que eu defendo é que é preciso acabar com a bagunça!