sábado, 9 de junho de 2007

Festa do Carneirinho

Outro dia na escola, em conversa com um colega, falava-se da festa do carneirinho.
É uma festa única, que se realiza em Penafiel, na véspera do feriado do Corpo de Deus.

Trata-se de uma festividade na qual os alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico ofereciam um carneirinho ao respectivo professor. Hoje a tradição ainda se mantém, é motivo de orgulho, sendo organizado neste dia um desfile pelas ruas da cidade, terminando com a entrega da oferta aos professores.

Para saberem um pouco mais passem por aqui!

Achei muito curiosa esta tradição, num país que é repleto delas. Mas o que me admirou ainda mais foi o objectivo desta festa. Nos tempos que correm, em que o professor está tão mal visto, ainda há locais que enaltecem a figura do professor, que o respeitam, que lhe oferecem prendas e não estaladas, pontapés e palavrões.

Poderíamos pensar que se trata de uma trégua no ataque à sua figura, mas não quero pensar assim. Quero acreditar que esta tradição se mantém, não por obrigação, mas por se considerar que o professor é uma figura de respeito, que se preocupa, que tenta dar o seu melhor na formação dos homens e mulheres de amanhã.
Passem por aqui e vejam a reportagem da festa deste ano.

10 comentários:

bell disse...

Muito interessante! E pelo que li, há interesse e vontade de perpetuar a tradição. Precisávamos de mais iniciativas deste género. Infelizmente, o que já está a virar tradição é bater e culpabilizar o professor.

Tozé Franco disse...

Bela tradição.
Espero bem que se mantenha por muitos anos.

Andreia Videira disse...

QUe tradição dure muitos e muitos mais anos... é uma boa iniciativa, que valoriza o trabalho dos professores... Hoje em dia a profissão professor já está tão banalizada que ninguém lhe dá o devido valor... apenas culpas! Tudo é culpa do professor...

Anónimo disse...

Gostei da referência ao Carneirinho e do que ela representa sobre a importância do Professor no nosso sistema de ensino.

Colega da outra secção

Cris disse...

Que tradição interessante!! Não conhecia!
Infelizmente eventos destes começam a ser cada vez mais raros no nosso país, o que é uma pena pois perde-se uma parte da nossa história e, como referes, das manifestações de respeito e apreço pelo trabalho do professor!

Beijinhos :)

Flôr disse...

Que tradição engraçada. Não a conhecia!!!
Aliás, o nosso País é um País de tradições...


Para hoje...humm.. deixa cá ver... deixo gotinhas de amor, paz e alegria para ti e também para todos os que por aqui passarem.

Flor :))

Pecola disse...

Que engraçado.. Não conhecia. Olha, haja uma tradição que seja boa para os nossos lados da educação... :)

bell disse...

Deixei-te um desafio no meu blogue. Ainda há pouco respondeste a dois, mas acho que a este ainda não.

Hindy disse...

É isso mesmo!

Beijinhos

Carlos Ponte disse...

Engraçado, não há dúvida. Deve ser enternecedor, no fim da festa, ver o professor com o anho pela arreata e o saco dos salpicões.