terça-feira, 19 de setembro de 2006

ELEIÇÃO DO DELEGADO DE TURMA



Hoje na aula de Formação Cívica decorreu a eleição do Delegado e Sub-Delegado da Turma.
Como é a primeira vez que sou Directora de Turma, estou a vivenciar estas experiências da melhor maneira que posso. Eu sei que a eleição de um delegado de turma não é nada de extraordinário, e para aqueles que desde sempre o foram é talvez uma banalidade, mas para mim foi uma aula diferente.


Logo ao início expliquei as funções do Delegado de Turma e defini o seu perfil. Mas desde o começo que me apercebi de uma certa campanha defendida por um dos elementos da turma. Ao todo apresentaram-se 8 candidatos, destacando-se 6 raparigas.

Lá fomos à votação...

É impressionante como os alunos conseguem escrever o nome do candidato desejado num minúsculo pedaço de papel e milagrosamente dobrá-lo, dobrá-lo, dobrá-lo, dobrá-lo...
Colocados os votos na "urna" improvisada passamos à sua contagem. E não é que o defensor da campanha venceu?!

Resultado final: 28 votos válidos! Como? Então se um aluno está ausente como pode acontecer isto?

Situação explicada, alguém colocou dois votos. Eleição sem efeito, voltamos a repetir o processo, com o desânimo estampado no rosto do T., pois já estava a festejar a vitória.
No final tudo resolvido, 27 votos válidos e um delegado eleito, o T.

Vamos lá ver como irá cumprir as suas funções, pois é um dos alunos da turma mais reguila e um pouco falador. Pode ser que a responsabilidade o faça assumir novas atitudes. Já agora, o sub-delegado é uma menina, a F. (após desempate com outra "candidata").

Pode parecer um pouco prematuro dizer isto, até porque estamos no início do ano lectivo, mas sinto uma relação diferente e noto que tenho uma outra atitude com estes alunos do que com as minhas outras turmas. Ás vezes criamos expectativas com certas turmas mas elas acabam por nos desiludir. Pelas escolas por onde tenho passado tenho-me apercebido de algumas situações e mesmo alguns Directores de Turma têm sentido essas desilusões na própria pele.

Vamos esperar para ver (e desejar que estes meus alunos não me dêem dissabores ao longo do ano)!

7 comentários:

Marina disse...

27 alunos com 28 votos válidos?
Acho que eles estavam com esperanças que não percebesses de matemática e não desses pelo erro!!!

Olha, toma atenção que te deixei um desafio no meu sítio!
:-)

Beijitos e continua com boas expectativas que se começamos logo mal no início, a tendência é para piorar!

AnaCristina disse...

Será sempre uma relação especial. E no final do ano serão "os teus meninos"...

anokas disse...

olá! ainda não fiz a eleição de delegado na minha turma mas numa turma com 25 meninas e somente um menino aposto que ele não vai ter muitas hipóteses eh eh
não vai poder cantar de galo não :D
espero tb conseguir uma relação especial com as "minhas" meninas - isso é importante ;)
boa direcção de turma ;)
a proósito de q ano és dt?
bjokas da anokas ;)

olho_azul disse...

Oh Anokas, uma turma de 25 meninas?? Ou o menino está no céu... Ou no inferno...
Realmente é importante ter uma boa relação com todos os nossos alunos, mas essa torna-se especial quando se trata de uma direcção de turma!
A minha direcção de turma é do 7º ano.

IsaMar disse...

Pois...os votos...eles aproveitam para brincar nestas situaçoes...uma gracinha Mas oxalá que tenhas muita reciprocidade dos teus alunos. è sempre bom ter uma boa relação com os alunos.

bjs

bell disse...

Olá, há sempre uma relação especial com a direcção de turma, são sempre "os nossos". Até os outros colegas dizem: "a tua turma".

Professorinha disse...

Ao menos não fizeram como os meus que elegeram um aluno NEE, só para o gozo, suspeito. Vamos lá ver no que vai dar :(

Beijos