sexta-feira, 6 de julho de 2007

Mudei de profissão!!!!

Não estranhem o título deste post.
Pode não ser totalmente verdade, mas não anda muito longe do que aconteceu. Esta semana fui funcionária de secretaria, uma autêntica administrativa!

Para começar foram as matrículas, na 3ª feira.
Foi preciso entregar as avaliações aos pais, renovar as matrículas e ainda solicitar o transporte. Numa turma de 28 alunos podem fazer uma ideia da quantidade de papelada, com os pais a aparecerem quase em simultâneo...

É certo que pude contar com o apoio da minha secretária e da colega de Língua Portuguesa, mas mesmo assim foi um pouco confuso. O dito papel de matrículas, embora estivesse preenchido na maior parte dos itens, não o estava devidamente. Conclusão, foi preenchido na totalidade, novamente.

Quanto às avaliações, não houve muito a dizer. Nenhum se mostrou surpreendido, o que prova que pelo menos este período tiveram a sensatez de passar pelo local onde as pautas foram afixadas. A sério que não compreendo a falta de interesse que alguns Encarregados de Educação demonstram. Nos outros períodos, quando fiz a reunião de entrega de avaliações (quase 3 semanas depois das pautas terem sido afixadas) alguns pais mostraram-se surpreendidos com as notas dos seus filhos. Como é possível?! Não tiveram curiosidade?

Mas a semana não ficou por aqui. Lembram-se da dita base de dados da DREN?

Neste caso foi uma tarde inteira diante do computador. Era preciso introduzir, por aluno, o tipo de plano, as disciplinas abrangidas, a avaliação inicial e a avaliação final, por disciplina.

Além disso, em cada disciplina teríamos de indicar a(s) competência(s) a desenvolver e para cada uma delas a(s) modalidade(s) de apoio.
Não foi dificíl, apanhando-se o jeito até se consegue despachar. O problema é que a base de dados bloqueia se estiver muita gente a trabalhar nela e confesso que a reunião de preparação que os Directores de Turma tiveram não ajudou muito. Pessoalmente não gosto muito das coisas na teoria, nada como um computador à nossa frente para ajudar. Claro que o facto de na sala estarem presentes outros colegas, que já estavam a terminar a sua inserção de dados, também ajudou.

Toda a gente sabe que é no "desgraçado" do Director de Turma que cai o trabalho todo. Esta inserção de dados não é excepção a um trabalho exaustivo que se vai desenvolvendo ao longo do ano. No meu ponto de vista, este trabalho não deveria ter sido executado pelo DT mas sim pelos professores que implementaram o plano.

Se não reparem, como posso eu saber quais as competências que a colega de Inglês desenvolveu na sua aula? Qual o apoio que prestou ao aluno? Eu não sei, não faço a mínima ideia. Agora multipliquem esta dúvida por 11 disciplinas, e estas por 11 onze alunos, que era o total dos meus planos.
Não sei qual o objectivo desta base de dados, não sei qual a sua finalidade. Apenas sei que ela não é, não o pode ser, fiável, uma vez que não foi o próprio professor da disciplina que preencheu os dados. Pensem melhor nisso...

Como podem imaginar, esta semana fingi ser uma funcionária de secretaria, com uma pequena diferença. Não entrei às 9h e não saí às 17h (muito pelo contrário, eram quase 20h!). Será que alguém me paga horas extraordinárias? Não me parece...

7 comentários:

Stôra disse...

Sei perfeitamente do que estás a falar. Eu, para além de ser secretária e, portanto, ter de introduzir os dados com a minha D.T., sou uma das DUAS pessoas que vai ter de VERIFICAR esses dados todos, turma a turma, aluno a aluno, disciplina a disciplina!
A minha felicidade está no auge!

Boa continuação ;)
*Beijinhos*

bell disse...

Por aqui não se sabe de nada sobre os dados dos Planos. Também não perguntei que nessas coisas, às vezes, é melhor ficar calado...

A parte burocrática de ser DT (ou professor) também é a que mais detesto.

AnaCristina disse...

Cá na escola quem faz isso são as senhoras da secretaria... Ah e no Alentejo não há essas bases de dados... E faz favor de não perguntar nada que estes gajos ainda se poêm com invenções e fazem-nos o mesmo que a DREN vos fez... Bom trabalho!

Professorinha disse...

Ai rapariiiiga... eu ainda não fiz esse trabalho porque eu tenho 9º ano e só para a semana é que vou entrar nessa "festa"... vai ser muito giro pelo que li aqui... Bolas.... Uma ajudinha de alguém era bom. É que nós não somos de ferro!!!

Beijos

Tozé Franco disse...

Onde estão aqueles que dizem que os professores já estão de férias?
Às vezes sinto saudades dos dias em que havia aulas.
Um abraço.

Flôr disse...

Mudar de profissão não acredito que mudes.... sente-se que gostas do que fazes... as "criticas" que fazes são apenas da realidade... mas vai pensando que... melhores dias virão no ensino.... ehheheh


Quanto à possível "inutilidade" aparente da tal base de dados.... e que tal escreveres ao ministério da educação a perguntares??!!!... será que eles te saberiam dar a resposta??!! penso que nem eles lol lol

Infelizmente hà pais e encarregados de educação, que nunca põem os pés na escola dos filhos durante o ano todo....
e depois surpreendem-se com as notas, com as queixas contra os filhos.... enfim... vá lá saber-se que tipos de pais estamos nós a ter!!!??? eu cá... ando lá sempre.... gosto de estar bem "dentro" de tudo o que diga respeito aos meus filhotes...

Beijo grande e um imenso céu azul..... azul como os teus olhos. :D

Flor

ap disse...

E eu ainda me queixo da minha direcção de turma!... Por aqui (Interior Centro), felizmente não conhecemos essa base de dados. É até que alguém se lembre...